Canal Poheresia

Loading...

Translate

terça-feira, 24 de março de 2009

Letras Tortas V (Aniversário da Danielli)

Ao contrário do costume que se foi criando (de nossos encontros serem realizados no Rio 40 graus, em frente à UERJ), a quinta edição do "Letras Tortas" aconteceu no não menos famoso bar da Tia Emília, perto da Faculdade CCAA. O motivo de mais um "Letras Tortas" surgiu da necessidade de se comemorar o aniversário da nossa amiga Danielli, a Dani. Já viu, né? Sexta-feira, galera "calibrando" desde cedo, uma data pra ser comemorada em questão e a ausência do professor para a última aula da semana... .Fala sério! Pediram...
E nesta edição do "Letras Tortas", novos integrantes uniram-se aos velhos e já cascudos (uns mais, outros menos) componentes deste grupo. Ana Paula e Vítor, que a presença de vocês se torne uma consequência normal no cotidiano deste bando (mesmo o Vítor não bebendo).



Parabéns Dani! Ana Paula e Vítor, bienvenidos! E aqui vai um pouco do que aconteceu naquela sexta que começou cedo, bem cedo.


Miguel e Dani: a lenda do Riachuelo e a aniversariante.



"Parabéns pra você..."




Los Bicudos




Influência de quem?




Vítor e seu bico, mesmo com os pedidos ardorosos do Felipe para que isto não fosse registrado. "É a visão do inferno!", disse.




É claro que a Dani fez biquinho.




Até tu?!




Márcia Lucius sendo atacada pela língua saltitante da Ana Paula e pelo dedinho sapeca da Danielli.




Todos




Momento de reflexão:

"Ah eu com 24... dava 3 sem sair de cima!"

"Na hora que eu quiser parar de fumar, eu fumo."

"Meia hora com a Dani."

"Você também é saradinho, carããã!"

"Bate na minha."

"Eu só fico sinceramente observando."

"Ainda bem que a gente não é galinha."

"Você está no seu destino."



Pra fechar, a "dancinha da Tieta" do Vítor e uma piadinha da Ana Paula:









Obs: Esta "anta" que vos escreve esqueceu de sair nas fotos para comprovar a presença no evento. Mas eu estava lá!!!!

segunda-feira, 2 de março de 2009

Letras Tortas IV (Pré-carnaval)

Além da reunião de estágio, realizada na última quinta antes do carnaval (desculpa propícia para o quarto encontro do "Letras Tortas"), esta confraternização também teve sua origem num pedido inesperado. Camila (!!!) foi a voz propulsora que reativou o "Letras Tortas" para mais um momento de total informalidade. "Gente, mas eu só vou beber Matte, tá?", disse nossa amiga. Sem problemas, Camila! O "Letras Tortas" está sempre de braços abertos para receber novos(as) amigos(as).








E para aqueles que não estiveram presentes, aí vai um tostão do que aconteceu.




As mascaradas.





Clima carnavalesco I





Clima carnavalesco II (Carlos "mangayrense")





The Greens





"Eu quééééro uma linguiça!"





"Já tenho minha linguiça, bobo!"





"Olha o tamanho da sua linguiça, rapazinho!"





Abstenho-me.




PÉROLAS:




"Sua aula de anatomia só perde para o João Kléber."




"Você pode ser o elemento flutuante."




"Só porque tem o cabo grosso."




"Tipo cebola: come chorando."




"A gente está falando coisa séria e você vem de palhaçada?!"




"Porra! Eu gosto de linguiça. Qual é o problema?"




"O meu é igual ao teu mais uma linguiça."




"Psicóloga de bar ou de Bach?"




"Deixa ele lá com aquela cara de caveira."




"Ah, eu fico com peninha, cara."







Um brinde a nós!