Canal Poheresia

Loading...

Translate

domingo, 20 de setembro de 2015

Recado

motorista prezado
ainda lhe aponto o dedo
e digo que seta não é cu
dê sem medo
recado
de quem quase foi atropelado
mais cedo

sábado, 19 de setembro de 2015

As Letras do Amor

O amor tem dessas coisas.
Dessas, daquelas e d'outras.
Tem um Q 
de dia D,
de bomba H 
do ponto G.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Caminhos do Méier

eu andava muito pelo Méier
pra cima e pra baixo
pra cima e pra baixo
pra cima e pra baixo
um milkshake agitado
ia parar em lugares sem saber como
tenho flashes de apartamentos pequenos
cafofos lotados

eu andava muito pelo Méier
pra cima e pra baixo
pra cima e pra baixo
pra cima e pra baixo
um ping pong jogado
saúde era o dinheiro que eu gastava sem economizar
corria de uns porque pulava o muro de outros
a Dias da Cruz era uma pista livre pros arrastões do coração
suas transversais eram paradas obrigatórias
esconderijos secretos pra novos planos
pra qual criança direi desta vez
que o papai noel e o coelhinho da páscoa
trepam meia-noite
roçando o saco de um nos ovos do outro?

eu andava muito pelo Méier
pra cima e pra baixo
pra cima e pra baixo
pra cima e pra baixo
um elevador requisitado
lanche no China
Rock 'n' Roll no Berico
e um terraço de frente pra posteridade
camila, amanda, rebeca, nathália
e tantos outros nomes femininos que uma só canção pode incitar

eu andava muito pelo Méier
pra cima e pra baixo
pra cima e pra baixo
pra cima e pra baixo
pra cima no anonimato da neblina
pra baixo nas profundezas onde me acho

Dai-me

bebi daime
e dai-me outro
bebi daime
tô muito louco
bebi daime
daime do bom
fiquei sem cor
imagem
e som

eu vi um eu de um eu de um outro eu
vi sim três de mim
e gritei Fudeu!
quem sou eu e quem não sou?
coisas do efeito que não passou

Protesto

depois não adianta chorar Sr e Sra Intervenção Militar
depois não adianta chorar o choro que ninguém vai escutar
podem protestar
se o protesto de vocês é pacífico
o nosso é atlântico em alto mar
e alto lá mermão
não nos confunda com o Garotão da Intervenção
e seu abadá da militarização
nem com a Família Rabecão
protestando por mais repressão

podem protestar
protestem antes que todo e qualquer protesto seja trancafiado no porão
onde tortura não é nome de torta
onde pau-de-arara não é nome de passarinho
onde doi-codi é bem mais que a senha do wi-fi do seu vizinho

podem protestar
digam que é intervenção e não implantação
talvez seja loucura minha
mas me lembra muito aquele papo 
de prometer botar só a cabecinha

e uma vez lá dentro 
Fera
já foi 
já era