Canal Poheresia

Loading...

Translate

quinta-feira, 27 de março de 2014

vida pós morte

Aqui jaz
lindamente
o poeta inteligente.

Aqui jaz
pelas pás de um novo dia
o poeta e sua poesia.

A poesia
da artimanha sagaz
aqui jaz.

minha cabeça agora é um cemitério onde tico e teco vestem preto e festejam em cima de um túmulo de lembranças decompostas

brindam e bebem litros de byron da pior birosca aberta

tico pega um crânio largado em uma vala qualquer e diz ser ou não ser depois de com ele valsar ao som de people are strange do fundo da escuridão mental

teco cheira as cinzas de ossos que não vão mais batucar em tumbas carentes

ambos convidam todos os mortos a viver uma vida baseada no fogo que sai da nossa boca

terça-feira, 18 de março de 2014

Desconstrução

eu vi uma bomba
de versos desconexos
varrer as certezas
do meu mapa
e uma nova geografia
ser alimentada
pelo seio da catarse
com a madrugada
deixando a noite pra trás
e entrando num caminho
sem manhã.

domingo, 2 de março de 2014

Bloco in Loco

Mário de Andrade de Porta-Bandeira
Oswald de Mestra-Sala
Roberto Piva, a Musa da Bateria
Allen Ginsberg, a Rainha
Instrumentos de Sopro pro Dorian Gray
Cavaquinho pro Rousseau
os surrealistas conduzem
os beatniks batucam
os classicistas olham das janelas
e o bloco se joga pra quebrar!

sábado, 1 de março de 2014