Canal Poheresia

Loading...

Translate

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Vida, Poesia Viva

Nem tudo na vida é poesia
O que não é, bem que poderia
O que já é, ainda seria.

Nem toda poesia é vida
A que morre de morte morrida
Morre pra lembrarmos da falecida.

Vão


Mãe


Skindon'tgoahead


terça-feira, 28 de maio de 2013

Por trás da unha

Saiu pra dentro 
achando que se expunha 
viu a sujeira por trás da unha 
e entrou pro lado de cá 
a limpeza 
ainda 
que a mais limpa 
guarda o que limpar.

homero

Eu quero o oposto
e isto posto
agora eu quero os opostos
todos apostos?
eu quero o elo
a coragem quando amarelo
eu quero o que quero
eu quero à vera, è vero
os pólos
as cascas
os milos
as aspas
o literal
o litoral e o centro
o de fora
o de dentro
quem é
e quem não é, sendo.

Eu quero a mera diversão
e homero conhecimento.