Canal Poheresia

Loading...

Translate

sábado, 1 de novembro de 2008

Texto de Abertura da Terceira Mostra da Faculdade CCAA

Senhoras e senhores, moças e rapazes, meninos e meninas, professores, universitários, funcionários da instituição que nos abriga, público em geral. Muito bom dia a todos. Mas o que faz um dia ser realmente bom? Apenas um cumprimento? Uma saudação? Uma palavra? O tempo? Uma promoção no trabalho? Não haver trabalho? Com certeza, muito do que vai determinar se teremos um bom dia ou não é o lugar para onde estamos indo. Se você gosta daquele ambiente, daquelas pessoas, daquilo que será colocado como principal ponto de discussão, provavelmente você não terá somente um “bom dia”, mas também um dia bom. E quem se propõe a prestigiar um evento acadêmico busca uma gama de temas interessantes que sejam esmiuçados em debates e palestras para uma melhor compreensão. Um passo a mais na longa caminhada do conhecimento.
Nos próximos dois dias, a Terceira Mostra da Faculdade CCAA ganhará vida através de todos aqueles que carregarão um pouco dela em si e darão de si um pouco por ela. No teatro ou em uma sala de aula, alunos, professores e convidados especiais apresentarão ao grande público, trabalhos inéditos em suas respectivas áreas de estudo, resultando numa diversidade altamente satisfatória entre os cursos de Administração, Comunicação Social e Letras, cuja meta é justamente a troca de informações e experiências em seus campos. E este “compartilhar” não é restrito àqueles que participarão efetivamente do evento. A relação entre os cursos e o público presente é também o ponto alto da Mostra. Tal variedade marca a intenção de saciar a sede de quem sabe que nada sabe e, assim, ao invés de fechar as portas para o novo, as escancara, em prol do sucesso da próxima lição. É desarma-se conscientemente, inocente na arte do aprendizado. É mergulhar no assunto dominado por terceiros de peito aberto e ouvir as colocações daqueles que desejam que ao menos uma gota do seu ‘saber’ respigue neles. Quando o conhecimento é a moeda de troca, não há crise econômica que o desvalorize.
Nos próximos dois dias, este intercâmbio será a tônica da Terceira Mostra da Faculdade CCAA. Variações sobre o mesmo prisma que poderão acarretar em futuros diálogos Pós-Mostra, elas indicam este evento como um possível pontapé inicial para a realização de outros trabalhos. Quem sabe, nesta Mostra, aquela mesa redonda ou aquela palestra não desperte o interesse de alguém em ir mais fundo em tal explanação? Muitos alunos que estarão apresentando seus respectivos trabalhos nesta Mostra lembram-se de outros que tiveram grande repercussão na Faculdade CCAA. E os professores que darão o ar da graça neste evento também nos presentearão com assuntos instigantes recheados de curiosidade e interesse. Sem esquecer as exposições permanentes que poderão ser apreciadas nas salas de aula.
Aqui as diferenças se igualam e a dessemelhança reflete-se no mesmo espelho. A normatização abre espaço às variantes possíveis e a discordância concorda com a novidade que chega à nossa praia - tão comum pra nós, tão complexa pra outros.
Esta Mostra não pretende diminuir a importância das diferenças. Ela vem, ao diversificar seu formato, mostrar sob um ponto de vista geral, que aprender com o outro é também aprender consigo. E se cada um está mesmo no seu quadrado, estamos aqui pra provar que não há atitude mais quadrada em tempos de conhecimento plural.
Outro aspecto presente na Terceira Mostra da Faculdade CCAA é o cultural. O desenvolvimento intelectual estará na batida de cada pensamento brindado por nós. O estudo dos alunos em cima dos tópicos apresentados no decorrer do ano letivo resultou nesta oportunidade dentro da Mostra. Um prêmio àqueles que caíram de cara nos livros e adquiriram um conjunto harmonioso capaz de exprimir em sucintas palavras, questões, colocações e raciocínios.
Para acrescentar nossa bagagem cultural, o curso de Administração traz o profissional capaz de organizar negócios e empreendimentos, diagnosticando problemas, buscando soluções, sabendo lidar com sua equipe de trabalho, organizando-se e enfrentando mudanças. Apto a atuar nas áreas de Ciências Gerencias, o gestor deve ser humanístico em seus valores e possuir uma formação técnica e científica que o capacite a empreender, liderar e aperfeiçoar-se sempre. O profissional também precisa ser um estrategista, saber refletir criticamente a respeito da produção que está sendo feita e possuir algumas características básicas como iniciativa, desejo de aprender, determinação e vontade política.
Já o curso de Comunicação Social enriquece a Mostra ao apresentar o profissional ético que sabe lidar com a informação tanto analiticamente quanto comercialmente, dominando as diferentes mídias para a produção de um conteúdo que seja relevante à sociedade, sempre com um olhar crítico referente à própria profissão. O trabalho em grupo também é considerado de vital importância para o profissional de comunicação. Pois em um mundo globalizado, trabalhar em equipe torna-se, cada vez mais, uma exigência. O apuro técnico, o reconhecimento do seu papel transformador e mobilizador, a perspectiva mercadológica, o compromisso social em atenção às minorias e a permanente atuação dentro da Comunicação são algumas características que marcam positivamente o profissional deste campo, sempre valorizando novas pesquisas e perspectivas na área.
Por fim, o curso de Letras apresenta seu profissional capaz de lidar criticamente com as linguagens, indo além da reflexão teórica e relacionando-a com sua prática. A importância da utilização de novas tecnologias no processo de construção do cidadão torna o profissional de Letras não apenas um instrutor lingüístico, mas um cidadão educador e investigador, em uma constante busca do auto-aperfeiçoamento. O desenvolvimento teórico e descritivo das línguas em relação aos discursos, a relação entre a teoria e sua utilização no ensino, o domínio das literaturas e sua inter-relação com outras expressões artísticas, a compreensão da diversidade intrínseca da língua, a valorização da troca entre o cânone e o popular, a contribuição no campo educacional e a propagação da autonomia e da criatividade descrevem com exatidão este profissional participativo em várias manifestações culturais.
A Terceira Mostra da Faculdade CCAA mostra-se como uma excelente oportunidade para expandir horizontes em nome de um espírito sempre inquieto, atrás de algo que está para além do óbvio.
Esta Mostra é um momento importante tanto para a Faculdade CCAA quanto para aqueles que terão seus trabalhos expostos. Os docentes abordarão temas que, algumas vezes, fogem do que a ementa pede e, assim, quase não temos a chance de vê-los em tal momento. Aqui, veremos este outro lado pouco conhecido por parte de seus discentes.
Já para a instituição, é a chance de apresentar à comunidade um pouco do que ela produz em um ano inteiro de estudo e pesquisa, com pensamento crítico e veia investigativa, filtrando e selecionando informações em meio a uma aceleração de vida provocada pelas novas tecnologias. O progresso individual contribui para a evolução cultural de toda a coletividade graças à parceria de alunos e professores, imbuídos nesta causa.
E os alunos? Diferentemente das outras duas edições, esta Mostra teve a participação direta dos discentes na produção do evento. A correria nas reuniões atrás do que palestrantes e convidados especiais necessitariam para suas apresentações não diminuiu a vontade de proporcionar aos espectadores um evento bem preparado e de acordo com a organização pela qual a Faculdade CCAA sempre preza.
Outro ponto relevante em relação aos alunos é a oportunidade de mostrarem trabalhos bem sucedidos na Mostra, sem preocupação com nota. A avaliação por parte do público e o prazer em expor algo feito por eles é o que os move para mais este desafio, sem restringi-los aos muros da sala de aula.
A importância da Terceira Mostra da Faculdade CCAA está na formação do seu público, ávido por conhecimento e cheio de desejo intelectual diante do que temos a oferecer. Trata-se de um grande encontro. Uma festa entre a comunidade e a academia. Pessoas de todas as classes, de todas as raças e de todos os credos são bem-vindas a este acontecimento que reúne profissionais capacitados e gabaritados em suas funções e alunos com ânsia de apresentar o que por eles foi desenvolvido ao longo deste período.
O filósofo alemão Hegel disse certa vez que “nada existe de grandioso sem paixão”. Em cada debate, em cada palestra, em cada exposição, inclusive nesta abertura, mesmo que aparentemente não fique muito claro, tenham a certeza de que a paixão está lá, nas palavras, nos raciocínios e no prazer de desvendar o infinito universo que nos espera. Boa Mostra a todos!

Um comentário:

silvia disse...

como sempre, maravilha o q vc escreve. Parabéns sempre!
fiquei tb muito feliz por conta do noivado de vcs.
felicidades!!!!!!
silvia sênos