Canal Poheresia

Loading...

Translate

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Toda noite é um todo

Toda noite é um todo
e que se foda
se eu não fodo
se eu não mordo
se eu não arranco pedaço
de algum cabaço louco

que se dane
se causo dano
a fulano ou ciclano
se a solidão é sozinha
quando a noite alheia
incendeia a minha
num fogo tamanho.

Tô nem aí
e nem Alá
há de me tirar daqui.

Giro a roda
passo o rodo
toda noite é um todo a se despir

2 comentários:

Dudu Pererê disse...

Toda noite inteira meia noite
imensa nessa noite intensa
noite na boate é nigth
sobe desce dance dence
a madruga da Lapa incendeia!
noite lua indecente
noite noite incandescente
noite cinza clareante
noite anil azul marinho
sobe o Sol devagarinho
vem lambendo o céu azul
vai no alto e a vista arde.
Pelo andar da carruagem,
Essa noite só acaba de tarde!

duduperere, abraço

Anônimo disse...

muitobonito... daqui a pouco está famoso hein rsrsrsrs.... parabéns e sucesso sempre bjuss camila