Canal Poheresia

Loading...

Translate

domingo, 11 de outubro de 2015

Solta o preso, delegado!

a roda dos rodados rodava
daqui pra lá, de lá pra cá, do jeito certo e do avesso
não precisava mandar o delegado soltar o preso
o preso já era livre
no calibre daquela noite
daquela hora
entre três fumaças
e uma marola

até que o chapa chapou
chispou chapado
e chamou chateado
e uma voz uníssona falou
solta o preso, delegado!
esquece um pouco do isqueiro
e solta o preso no banheiro!

a coordenação torta
contra o porte da porta
outra tentativa fracassada
outra risada
outra tentativa
outra risada coletiva

renovamos a fé
ao dar uma mão
demos o pé
e cada pesada
foi lembrada na escada
e descendo as escadas
mais risadas
lembranças pra serem lembradas
até quando der 


Nenhum comentário: