Canal Poheresia

Loading...

Translate

terça-feira, 6 de novembro de 2007

A famosa dentadura do seu Geraldo.

Como em época de Copa do Mundo o Brasil pára, estávamos lá, parados, na Alzirão, famosa rua do bairro da Tijuca, assistindo a mais um jogo da nossa seleção. Marcelo, Marcos, o avô do Marcos, seu Geraldo e eu, os quatro no meio daquela multidão. Brasil contra Turquia. Os turcos logo fizeram o primeiro gol, o que desmotivou a torcida presente. Mas seu Geraldo não perdia a esperança. Dizia que a seleção viraria a partida. Não deu outra: o Brasil empatou. Seu Geraldo fora o primeiro a gritar gol, e eu só vi sua dentadura sair da boca e levantar vôo de tal forma que parecia coisa de desenho animado. Enquanto a dentadura aterrisava, a torcida pulava com o gol. Seu Geraldo ficou desesperado atrás de sua dentadura. Marcos, Marcelo e eu ficamos comovidos com aquela situação. Procuramos no meio da multidão e nada. Quase no final, ainda procurávamos pela dentadura. De repente, mais um gol da nossa seleção. Nossa torcida voltou a mostrar seu entusiasmo e nós, nossa raiva.Fim do jogo: o Brasil venceu a partida, nós perdemos o jogo e seu Geraldo, a dentadura.

Nenhum comentário: