Canal Poheresia

Loading...

Translate

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Nada

Quero escrever
Não sei sobre o quê
Falta assunto
Mas a vontade de escrever é tanta
Que até a falta de assunto
Vira assunto pra eu escrever.

Nada acontece
Nada surge
Nada surpreende.

Esse nada é realmente um sujeito quente
Seqüestrou as surpresas e os acontecimentos
De cada minuto da vida
Só pra ser a estrela maior deste meu poema.

Um comentário:

Carlos disse...

Muito bom! Esse eu nunca tinha lido, adorei! Abraço.