Canal Poheresia

Loading...

Translate

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Mulher-abismo

Mulher-abismo...

O precipício nos olhos
Me espera atrás da neblina
Teu penhasco tem meus pés
Como a cabeça aguarda a guilhotina
Digo que não me dou
Mas lembro quem sou
E vou depressa
Juntos somos maus
- eis a essência do caos que começa.

Abrimos as portas proibidas
Dos nossos pecados
O tapete vermelho nos recebe
Com o sangue dos teus lábios
Poço sem fundo
À margem de um mundo medroso
Este é só um capítulo
Do nosso círculo vicioso.

O resto é protesto
Da caretice sem conteúdo
Pegamos fogo
Das profundezas ao topo
Queimamos tudo!
Eu quero mais é sabotar meu pára-quedas
Com a intenção
De cair na tua panela
E ver quantos graus tem essa pressão.

2 comentários:

Fátima disse...

Uau! Qualquer palavra de elogio será simples demais diante de seus escritos...
Parabéns!
Sucesso...
E Saudade...

Eróticos através do Olhar feminino disse...

Teu blog está o máximo.
parabéns!!
Vai do inusitado ao punhal que nos orienta...
Beijos.
Euridice Hespanhol